Buscar

Preenchimento da GFIP para dedução dos 15 primeiros dias

Preenchimento da GFIP para dedução dos 15 primeiros dias de doença


A Lei nº 13.982/2020 permitiu que, excepcionalmente, a empresa possa deduzir do repasse das suas contribuições à Previdência Social o valor relativo aos 15 primeiros dias de afastamento do segurado empregado, cuja incapacidade temporária para o trabalho seja comprovadamente decorrente de sua contaminação pelo Coronavírus (COVID-19), observado o limite máximo do salário-de-contribuição ao RGPS. Para fins de dedução do citado valor, a empresa/contribuinte deverá: I - observar as orientações já existentes sobre afastamento de trabalhador por motivo de doença; e II - lançar no campo "Salário Família", no Sistema Empresa de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social (Sefip), o valor correspondente aos primeiros 15 dias subsequentes ao do afastamento, observado o limite máximo do salário de contribuição. (Ato Declaratório Executivo Codac nº 14/2020, art. 1º - DOU de 15.04.2020) Fonte: Editorial IOB

Posts recentes

Ver tudo

Lista suja do trabalho escravo é constitucional

O Supremo Tribunal Federal julgou constitucional a criação do Cadastro de Empregadores que tenham submetido trabalhadores à condição análoga à de escravo, a chamada “lista suja do trabalho escravo”. A

© 2020 - Contador SC.