Buscar

Economista-chefe do FMI diz que 100 países já buscaram ajuda por causa da pandemia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) considera sua capacidade de empréstimo – de US$ 1 trilhão – como “bastante substancial” para auxiliar os membros a lidar com a pandemia do coronavírus, mas outros recursos podem ser necessários à medida que o impacto da crise atinge os países em desenvolvimento, afirmou hoje (14) a economista-chefe da entidade.


Gita Gopinath afirmou que 100 dos 189 membros do FMI – com metade sendo países de baixa renda – entraram em contato com o credor global acerca do recebimento de fundos de emergência para reforçarem seus esforços em conter a disseminação do novo coronavírus e mitigar seu impacto econômico.


Ela saudou um acordo entre credores internacionais para suspender o pagamento da dívida dos países mais pobres até o final do ano como um “passo muito, muito bom”, mas disse que as medidas de alívio da dívida podem ter de serem estendidas até 2021, já que o pior dos efeitos da pandemia ainda não havia sido sentido em muitos dos países mais pobres. (Com Reuters)


Fonte: Forbes

Posts recentes

Ver tudo

IPO: Vale a pena entrar?

Com o reaquecimento do mercado de capitais depois do choque do coronavírus, mais de 50 empresas estão na fila para colocar suas ações na Bolsa. Vale a pena entrar nessa onda do IPO? Bom, a resposta de

O mundo, o Brasil e a Covid

Máscaras, álcool em gel, distanciamento social. Desde março, estamos vivendo um período de crise nunca antes vista pela nossa geração, tempos estranhos. Será que muita coisa ainda está por vir? Qual s

© 2020 - Contador SC.