Buscar

Crises econômicas e a relevância da informação contábil

A crise econômica mundial de 2008 e a crise econômica nacional de 2014 a 2017, trouxeram impactos para a econômica brasileira, principalmente a segunda. O período de 2014 a 2017 foi marcado por grandes escândalos políticos e pela falta de crescimento econômico, o que gerou impacto direto nos resultados das empresas. Esse trabalho dará continuidade ao estudo de Reis e Costa (2009), que analisaram a relevância do patrimônio líquido e lucro em períodos de crise macroeconômica nos anos 1997-1999 e 2002, assim, neste artigo busca-se verificar se as conclusões obtidas pelos autores se mantêm vigentes após as crises recentes. Para tanto foram coletados dados de valor de mercado, patrimônio líquido e lucro do setor de consumo cíclico do IBR-X e analisados por meio da técnica de análise de regressão. Com base nos resultados, verificou-se que o lucro mostrou baixa relação com o valor de mercado das empresas enquanto o que o patrimônio líquido mostrou elevação nos períodos que apresentaram PIB negativo. Dessa forma, foi possível concluir que o patrimônio líquido ganha relevância em relação ao valor de mercado em períodos de crise.


Texto completo: Clique aqui


Débora Stefani - Mestra em Controladoria e Finanças pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi).


Eliane Carolina Quaglio Arjonas - Mestra em Controladoria e Finanças pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi).


Fabiana Lopes da Silva - Doutora em Controladoria e Contabilidade pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP).


Fonte: Editorarevistas.mackenzie.br/

© 2020 - Contador SC.