Buscar

Coca-Cola Não Perdeu US$ 4 bilhões após gesto de Cristiano Ronaldo em coletiva de imprensa


Queda de 1,6% nas ações da Coca-Cola na bolsa de New Yorque é atribuída a gesto de Cristiano Ronaldo em coletiva de imprensa antes da partida entre Portugal e Hungria pela Eurocopa.


Na ocasião o CR7 afasta duas garrafas da Coca-Cola e pega uma de água sinalizando que é água e não o refrigerante que faz bem.